terça-feira, 20 de setembro de 2016

Bom Caminho tinto 2011

Um dia gostava de saber o porquê de ser marginalizada a região da Bairrada.
A casta Baga não é fácil? Não, não é!
Mas foi com esta casta e dessa região que bebi dois dos melhores vinhos da minha vida!
Passando ao vinho, as Caves São João, são bem conhecidas por dois ícones, o Porta de Cavaleiros e o Frei João.
No meu copo esteve um tinto com três castas: Baga, Touriga Nacional e Merlot.
Atendendo a que estamos a falar de um vinho de 2011, a cor parece ser de um vinho muito mais jovem, e existem vinhos jovens que não têm esta cor!
No nariz a Touriga dá logo nas vistas, o toque floral está bem patente.
Na boca os frutos silvestres mostram-se ainda. Tem uma acidez muito boa a pedir que se guarde umas garrafas para se beber daqui a uns anos.
Bom final de boca.

Com quase um século de existência, é uma empresa com muita qualidade. A prova está nos vinhos antigos das décadas de 60/70 e 80 do século passado, que continuam a resistir ao passar dos anos!

Sem comentários:

Enviar um comentário