terça-feira, 10 de novembro de 2015

Prova vinhos Quinta da Covela e Quinta das Tecedeiras

No passado dia 4 fui à prova de vinhos da Quinta da Covela e da Quinta das Tecedeiras no Corktale Wine Bar, aqui em Setúbal.
Em prova estiveram cinco vinhos: Covela Avesso 2014, Covela Arinto 2014, Covela escolha 2013, Flor das Tecedeiras 2013 e o Quinta das Tecedeiras Reserva 2013.
A prova foi comentada pelo Vitor Mendes, que é mais do que o vendedor da empresa, e pelo Gonçalo Patraquim da Corktale.
Covela Avesso: surpreendeu-me. Pensei logo em bolhas quando o cheirei. Nariz com toque floral, frescura e acidez no ponto. Boa persistência na boca. Até perguntei ao Vitor se eles não estavam a preparar um espumante de Avesso!
Covela Arinto: pareceu-me mais frutado no nariz, como é normal na casta. Secura na boca devido aos taninos que ainda possui e acidez correcta. Persistência média na boca.
Covela Escolha: feito basicamente com Avesso e Chardonnay, possui cheiro a fruta tropical e uma untuosidade na boca mas com frescura. Uma boa combinação de castas!
Flor das Tecedeiras: é um blend de cinco castas. Nota-se logo no cheiro a Touriga. Aquele floral característico. Acidez bem viva, bons taninos e fruta vermelha. Tem uma média persistência. Pode e deve guardar-se pois para mim ainda está muito novo!
Quinta das Tecedeiras: marcado ainda pela barrica, nota-se e bem a madeira. Floral com toque abaunilhado e com uma acidez bem integrada. Conjunto impecável e pronto a beber!
Fora a prova ainda apareceram mais dois vinhos e um deles continua a ser, passados onze anos, um excelente vinho!

Covela colheita seleccionada 2004: aromas terciários, couro. Acidez espectacular! Quando nos passam vinhos destes pela boca pensamos sempre porque razão não existem mais assim. Quando é que este vinho vai morrer? Não sei!
Covela colheita seleccionada 2005: o aroma a touriga continua bem presente e ainda tem acidez. Contudo é totalmente diferente do seu irmão mais novo!

Valeu a pena estar presente visto que deu para provar duas quintas que renasceram nos últimos anos e que continuam a fazer grandes vinhos!

Sem comentários:

Enviar um comentário